a dieta bicho e planta

Já pensou em fazer alguma dieta em que o prato de comida diário é rico em verduras, legumes e carnes? E não estou falando da Dieta Low Carb.

A Dieta Bicho e Planta já virou a queridinha de muitos famosos há alguns anos porque é simples, prática e muito gostosa. E o melhor de tudo: emagrece. É possível perder 6 kg em até 15 dias!

Essa dieta é rica em verduras, legumes e carnes. Os carboidratos não tem vez no cardápio semanal. Diferentemente da Low Carb, a Dieta Bicho e Planta deixa você comer esse tipo de alimento o quanto quiser, até que se sinta totalmente saciado.

Além de fornecer o emagrecimento desejado, a principal ideia dessa alimentação é criar um novo estilo de vida, adaptando o organismo e o corpo para continuar uma alimentação mais saudável no futuro.

A Dieta Bicho e Planta é fácil e sem sacrifícios, afinal, é possível comer muita coisa gostosa sem medo de engordar.

Saiba tudo o que precisa saber para começar sua Dieta Bicho e Planta: como fazer e o que comer!

 

 O que é Dieta Bicho e Planta?

o que é

 A Dieta Bicho e Planta é uma vertente da Dieta Low Carb. Na Dieta Bicho e Planta o consumo de carboidratos é diminuído ao máximo, baseando-se no consumo principal de verduras, legumes e carnes.

Diminuindo o consumo de alimentos ricos em carboidratos, acontece uma melhora nos níveis hormonais e na qualidade da pele. Mas esses são só alguns benefícios da Dieta Bicho e Planta. Essa dieta faz com que a gordura adiposa passe a ser utilizada pelo corpo como energia, trabalhando para que o corpo emagreça.

O objetivo da Dieta Bicho e Planta – além de emagrecer – é promover uma reeducação alimentar, baseando-se no consumo de plantas e muitas proteínas, fazendo com que nos adaptemos para um estilo de vida mais saudável e menos industrializado, o que infelizmente tem levado o Brasil a aumentar cada vez mais as taxas de pessoas com sobrepeso e obesidade no país.

 

Como fazer Dieta Bicho e Planta?

 A principal dica infalível para seguir a Dieta Bicho e Planta sem erros é se perguntar: é bicho e/ou planta? Se a resposta for um “sim”, pode colocar no prato. Caso contrário, é melhor evitar.

A Dieta Bicho e Planta deve ser feita de 15 a 30 dias. Dependendo da resposta do seu organismo a esse tipo de dieta, você escolhe se é saudável fazê-la por um mês inteiro. O ideal é começar por uma semana completa de bicho e planta, conforme os resultados, você continua. Lembrando que os bons resultados não se mostram apenas na balança, é importante perceber se sua saúde vai bem com a dieta.

Na Dieta Bicho e Planta a base da alimentação vem dos vegetais, que devem constituir cerca de 70% das refeições. Nessa parte, não existem restrições, mas é preciso estar atento em outros detalhes. Caso esteja treinando para adquirir massa magra, coma à vontade alimentos com raízes, como a batata doce e a mandioca; caso o objetivo seja manter o emagrecimento, é melhor pegar leve nelas.

As frutas podem ser consumidas a vontade, mas, dependendo de quais forem, não exagere e consuma somente o quanto lhe deixar saciado. Para manter o emagrecimento, é melhor apostar em frutas com menor teor de carboidratos, como coco, abacate, morango, limão e frutas vermelhas.

No quesito planta, também está aberto o consumo de ervas e temperos naturais, como cúrcuma, cardamomo, canela, pimenta, orégano, entre outros. Com eles é possível dar mais sabor aos alimentos de forma saudável e ainda inovar nas receitas. Assim como os temperos, os chás também são bem-vindos na Dieta Bicho e Planta.

Nessa dieta, comer bicho se refere às proteínas, logo, as carnes. Seja qual for, aposte nelas. Se preferir, não precisa tirar suas gorduras naturais. Assim como as carnes, os ovos também estão liberados na Dieta Bicho e Planta e podem ser consumidos da maneira como preferir, sejam fritos, cozidos, em forma de omelete ou mexidos.

Oleaginosas, gorduras boas e bebidas naturais também podem fazer parte dessa dieta. Para entender melhor quais são, consulte as dicas de alimentos que fazem parte da dieta Bicho e Planta abaixo.

O que todos devem ter em mente é que, na Dieta Bicho e Planta, a ideia é comer apenas quando tiver fome, aderindo às plantas e bichos até ficar saciado.

Leia também: Dieta Intermitente.

 

O que comer na Dieta Bicho e Planta?

 Que a Dieta Bicho e Planta é baseada em um cardápio rico em verduras, legumes e carnes, você já deve ter entendido. Falando, parece fácil saber o que comer. O que muitas pessoas não sabem, é que existem muitos alimentos que vão além da alface e do tomate, que podem ser reinventados e transformados em deliciosas receitas que não engordam.

Para ajudar a preparar um prato rico em nutrientes que você precisa para viver bem e que ainda ajudam a emagrecer, abaixo está uma lista com os principais alimentos que devem ser ingeridos na Dieta Bicho e Planta, categorizados para ninguém se perder nessa dieta. Principalmente, para quem está começando agora.

Vale ressaltar que são apenas alimentos sugestivos e que na hora de comer, você deve se perguntar se o que está colando no prato é bicho e/ou planta. Se estiverem nas categorias certas, então, você está fazendo a Dieta Bicho e Planta sem erros.

Confira a lista de alimentos da Dieta Bicho e Planta:

 

Bichos

bichos

Aves: frango, pato, peru, codorna, faisão;

Carnes: bovina, suína, cordeiro, vitela, javali;

Peixes: todos os tipos de peixes e frutos do mar, como camarão, vieira, lula, polvo, caranguejo, lagosta.

Plantas

plantas

Folhas: rúcula, couve, repolho, acelga, endívia, folha de mostarda, nabo, alface, salsa, espinafre, agrião, folha de beterraba;

Legumes: alcachofra, aspargo, brócolis, couve-flor, couve-de-bruxelas, aipo, pepino, berinjela, vagem, chuchu, alho-poró, cogumelos, quiabo, cebola, abóbora japonesa, pimentão, abóbora menina, alho, ervilha, broto de feijão, rabanete, tomate, cenoura crua, beterraba crua, gengibre;

Raízes: mandioca, batata doce, mandioquinha, inhame, cará.

Atenção: os ovos estão permitidos na Dieta Bicho e Planta!

Frutas

Para quem está em emagrecimento: abacate, coco, morango, limão, maracujá, kiwi, pitanga, amora, cacau puro;

Para os demais: todas.

Gorduras

• Azeite de oliva;

• Oleaginosas;

• Banha de porco;

• Manteiga;

• Óleo de coco.

Bebidas

bebidas

• Água;

• Água com gás;

• Chás;

• Café;

• Kefir.

 

Dieta Bicho e Planta funciona?

A Dieta Bicho e Planta é simples e prática de ser feita, se comparada a outras dietas que normalmente fazem várias restrições. Aqui, a única restrição é diminuir o máximo possível do consumo de carboidratos, o que abre o leque das variedades de verduras, legumes e carnes que podem ser diversamente preparados e consumidos.

Se feita fielmente, pelo mínimo de 15 dias, é possível alcançar resultados que chegam entre 6 e 9 kg perdidos. O organismo se adapta ao novo funcionamento proporcionado pelos tipos de alimentos ingeridos e faz com que o corpo desincha e perca peso.

O que acontece é que ao evitar o consumo de certos alimentos – o carboidrato, principalmente –, o corpo atinge o estado de cetose, que resulta na queima de gordura por falta de açúcar e carboidratos no corpo. Para ter energia, o organismo passa a queimar a gordura, o que consequentemente causa o emagrecimento.

Para a Dieta Bicho e Planta ter melhores efeitos, é imprescindível aderir alguma atividade física diariamente. Seja ela qual for, se feita de 30 a 1 hora, já será o suficiente para potencializar os efeitos da dieta, ajudando a emagrecer e ainda evitar a flacidez.

 

Cardápio Dieta Bicho e Planta

Se interessou pela Dieta Bicho e Planta mas está sem ideias sobre que cardápio montar? Agora que você já sabe tudo sobre essa dieta e quais os alimentos deve comer, veja a indicação abaixo e se inspire no cardápio sugestivo para começar hoje mesmo sua Dieta Bicho e Planta!

Segunda-feira

• Café da manhã: Omelete com legumes

• Almoço: Bifes contrafilé com salada de alface e tomate

• Jantar: Sobrecoxa assada com pele e sopa de couve

Terça-feira

• Café da manhã: Bacon e ovos

• Almoço: Carne moída com abobrinha e salada mista

• Jantar: Lasanha de berinjela

Quarta-feira

 • Café da manhã: Ovos mexidos

• Almoço: Bisteca de porco frita na manteiga com mix de vegetais refogados

• Jantar: Coxa de frango com pele e espinafre com molho branco

Quinta-feira

• Café da manhã: Panqueca low carb com presunto e queijo

• Almoço: Bife com salada de tomate e cebola

• Jantar: Omelete no forno com brócolis

Sexta-feira

• Café da manhã: Ovos e mamão

• Almoço: Frango xadrez low carb com couve refogada

• Jantar: Costelas de porco com legumes

Sábado

• Café da manhã: Bolinho de caneca de coco low carb

• Almoço: Mix de legumes no vapor com pernil na manteiga

• Jantar: Pizza com massa de couve-flor

Domingo

• Café da manhã: Pão low carb com ovos

• Almoço: Churrasco com legumes e verduras a vontade

• Jantar: Macarrão de abobrinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *