jejum intermitente

Dieta intermitente, também conhecida como Jejum Intermitente, é um método de emagrecimento que visa intercalar períodos de jejum com períodos de alimentação. Seu objetivo é que o corpo emagreça usando os estoques de gordura acumulados. No entanto, apesar do nome, a Dieta Intermitente não é uma dieta em si, mas sim um estilo de alimentação.  A questão não é sobre o quê, mas sim sobre quando você come.

 

O que é Jejum?

A ideia de jejum já é conhecida a milhares de anos, quando era feito na era paleolítica. Os indivíduos não tinham acesso à comida como temos hoje, então, faziam refeições quando era possível. Era comum passa por períodos de pouca ou nenhuma comida disponível, então nossos corpos evoluíram para serem capazes de funcionar sem alimentos por um longo período de tempo. O Jejum Intermitente moderniza esse conceito, e prega que a ideia de que é necessário comer de 3 em 3 horas para emagrecer é falsa.

A prática do Jejum Intermitente alterna períodos sem comer com “janelas de alimentação”, que são os intervalos em que há alimentação. São muitos os tipo de Jejum Intermitente, e em seus períodos sem comer a pessoa só deve ingerir água, chás e café sem açúcar.

dieta intermitente

 

Tipo de Jejum Intermitente?

Dieta 5:2: esse tipo prevê que, em dois dias da semana não consecutivos, você consuma apenas de 500 a 600 calorias por dia. Os outros cinco dias são de alimentação normal e saudável.

Jejum de 12 horas: nesse tipo de jejum, você passa 12 horas sem comer. Metade do dia, incluindo as oito horas de sono, é dedicada ao jejum. No restante do tempo, é recomendado que você faça 3 refeições no dia.

Sistema Leangains: nesse tipo de jejum, são 16 horas sem comer. As janelas de alimentação devem ser feitas nas oito horas restantes, e você escolhe quando fazê-las. Esse é o tipo mais comum de Jejum Intermitente.

Protocolo Coma – Pare – Coma: nesse caso, são 24 horas sem comer. Neste protocolo, você escolhe um ou dois dias da semana para ficar sem comer o dia inteiro. Depois de fazer uma refeição, você deve ficar até o mesmo horário no outro dia sem comer.

Jejum de 36 horas: como o nome diz, esse tipo prevê que você passe 36 horas. No entanto, esse jejum não é recomendado para qualquer um, e deve ter um acompanhamento profissional. Não é indicado para iniciantes.

Dieta do Guerreiro: esse protocolo consiste em comer apenas vegetais durante o dia, e fazer uma refeição normal à noite. Tudo o que você come deve ser natural, ou pelo menos o mínimo industrializado possível.

 

Como fazer a Dieta Intermitente?

Para começar, você deve, antes de tudo, adequar a sua dieta para um consumo maior de proteínas. Consumindo mais carnes, ovos, legumes e verduras, você sente mais saciedade, e não verá a necessidade de ficar comendo toda a hora. Também é preciso que você corte o açúcar, substituindo – apenas se muito necessário – por algumas gotas de adoçante. Depois que o corpo se acostumar a ficar sem glicose, os baixos níveis de insulina farão com que você sinta menos vontade de comer. Independente do tipo de Jejum que você escolher, é preciso atentar-se aos seguintes pontos:

Coma apenas quando sentir fome: e isso só é possível se sua alimentação normal é baseada em alimentos com grande poder de saciedade, como proteínas, verduras e legumes, e carboidratos ricos em fibras. As janelas de alimentação podem ser de um dia ou de horas durante o dia. A ingestão de líquidos sem calorias durante os períodos de jejum é muito importante, e você pode consumir água, chás e café sem açúcar de forma ilimitada. Evite os itens que contenham muitas calorias, inclusive alguns suplementos como o whey protein.

Os alimentos indicados nas janelas de alimentação são: proteínas com pouca gordura, legumes, verduras, frutas com casca, cereais integrais, inhame, mandioca e batata-doce. Procure evitar os cereais refinados, os doces e alimentos muito industrializados. É muito importante que você faça refeições do tamanho que faria se não estivesse em jejum. Não tente compensar o tempo que ficou sem comer nas janelas de alimentação.

Normalmente as mulheres aguentam períodos de jejum menores do que os homens. Isso acontece porque os homens possuem mais massa muscular, tendo reservas maiores de glicogênio, uma fonte de energia do corpo que é armazenada nos músculos e é muito utilizada durante o jejum. O ideal é que as mulheres sigam jejuns de até 12 horas, enquanto os homens podem chegar a até 14 horas. Porém, é essencial que haja um acompanhamento médico em qualquer modalidade de Jejum Intermitente, seja ela mais radical ou não.

proteinas

 

Benefícios do Jejum Intermitente:

  • Diminuição da gordura corporal;
  • Diminuição da pressão arterial e do colesterol;
  • Estimula o paladar;
  • Ajuda a retardar o envelhecimento;
  • Redução dos processos inflamatórios;
  • Redução da resistência à insulina;
  • Estimula o metabolismo;
  • Aumenta a disposição e a capacidade de concentração e foco mental.

 

Jejum Intermitente emagrece mesmo?

Sim, o Jejum Intermitente leva à diminuição de gordura corporal e ganho de massa muscular. Isso acontece porque, como não existe a ingestão de novas formas de fonte de energia por um período de tempo, o corpo queima as reservas de gordura acumuladas, levando ao emagrecimento. No entanto, independentemente do modelo de Jejum Intermitente a ser seguido, é importante que ele seja seguro, saudável e com alimentos de grande valor nutritivo para dar certo.

Leia também: Dieta Para Emagrecer Em Uma Semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *