dieta do ovo

Emagrecer rápido é o sonho de qualquer pessoa. Nesse sentido, foram desenvolvidas várias dietas que ajudam a perder uma porcentagem de peso bastante considerável em um curto período de tempo.

Dentre elas, estão a Dieta do Ovo, que promete emagrecer até 10 kg em apenas 10 dias; a Dieta Dukan, que com base em suas 4 fases, garante a perda de 5 kg já na primeira semana de adaptação – e ela nem é tão restritiva assim – ; e por fim, uma das mais famosas atualmente: a Dieta Low Carb, que com a redução do consumo de carboidratos, modificando receitas com alimentos mais saudáveis, também promove o emagrecimento de grandes níveis de gordura acumulada.

Mas qual delas será a melhor? Será que existem alguma dieta rotineira que ajuda emagrecer mais rápido? Conheça como elas funcionam e seus benefícios antes de escolher qual será a sua!

 

Dieta do Ovo

Você já conhece a Dieta do Ovo? Essa dieta virou a queridinha de muitas pessoas que precisam emagrecer grandes pesos em um curto período de tempo. Ela consiste no consumo de ovos cozidos, vegetais e frutas cítricas, e promete emagrecer cerca de 10 kg em apenas 14 dias.

Na Dieta do Ovo também é aconselhável beber cerca de 8 copos de água por dia, facilitando a hidratação do corpo e intensificando sua consequente desintoxicação, que acontece com a mudança na rotina alimentar fornecida por essa dieta.

dieta do ovo

Nessa dieta estão fora os hambúrgueres, pizzas e milk shakes. Ela consiste em melhorar o funcionamento do metabolismo para queimar gordura mais rápido, sem que as pessoas passem fome.

Também estão fora doces e refrigerantes. A ideia é manter um cardápio balanceado durante duas semanas seguidas, que consistem em:

 

1ª Semana:

O café da manhã da primeira semana é essencial: 2 ovos cozidos e uma fruta cítrica. Já o almoço pode conter salada de legumes, fatias de batata doce, queijo magro e frutas. Para o jantar mais salada de legumes, com peixe grelhado ou frango.

 

2ª Semana:

O café da manhã segue igual, apenas o sentido do cardápio do almoço e do jantar se invertem.

É preciso ressaltar que a Deita do Ovo não deve ser seguida para sempre, mas essencialmente por 2 semanas totalmente regradas. É nesse período que o emagrecimento rápido acontece. Depois, é preciso readaptar sua alimentação para manter o controle do novo peso conquistado.

 

Dieta Dukan

A Dieta Dukan já é conhecida desde os anos 2000. Seu criador foi Pierre Dukan, que ao lançar o livro da dieta, conquistou famosas como Kate Middleton e a brasileira Gisele Bundchen.

O desenvolvimento dessa dieta consiste em adaptações passadas por 4 fases, tendo os alimentos proteicos como prioridade durante sua realização. Nas duas primeiras fases – principalmente no seu início – o foco da alimentação é promover o emagrecimento rápido de grande percentual de gordura acumulada.

alimentos da dieta dukan

Já durante a terceira e quarta fase, o objetivo é estabilizar o corpo para que se mantenha em equilíbrio constante, controlando o novo peso conquistado. Para Pierre Dukan, dessa maneira é possível emagrecer rápido evitando o efeito sanfona. Conheça as 4 fases dessa dieta:

 

Fase Ataque

A Fase Ataque é a primeira fase da Dieta Dukan. Nela, os doces e carboidratos estão totalmente restringidos. É preciso focar somente nos alimentos ricos em proteínas, principalmente os obtidos com as carnes.

Os principais alimentos nessa fase a serem consumidos são carnes, peixes, aves, ovos, frutos do mar e laticínios com 0% de gordura. Não há necessidade de medir a quantidade certa da alimentação, porém, o ideal é consumir os alimentos cozidos, grelhados ou assados, evitando ao máximo que sejam fritos.

A Fase Ataque dura de 5 a 7 dias e pode eliminar de 3 a 5 kg. Aqui, também é recomendado ingerir 1 e ½ colheres de farelo de aveia, que será essencial para regular o intestino e proporcionar maior saciedade, sendo a principal fonte de fibras da alimentação. 1/5 litro de água também é indicado.

 

Fase Cruzeiro

A Fase Cruzeiro é a segunda fase da Dieta Dukan e consiste em continuar com os alimentos da primeira fase, porém incluindo legumes no cardápio. A regra que se segue nesse período é separar os dias dos alimentos ricos em proteínas e os que são destinados para os legumes.

Esses dias de alternâncias podem ser denominados como dias PP (Proteína Pura) e dias PL (Proteína + Legumes). Da mesma forma que as proteínas, os legumes podem ser consumidos à vontade, crus ou cozidos. Para o tempero é possível utilizar ingredientes como limão, vinagre, iogurte e mostarda.

Nessa fase a perda de peso fica um pouco estagnada e pouco visível, visto que, acrescenta-se os legumes ao cardápio. Mas assim como a primeira fase, a Cruzeiro está destinada a ser aquela que também promove maior – e mais rápido – emagrecimento.

 

Fase Consolidação

A terceira fase da Dieta Dukan se chama Consolidação e consiste em ser realizada conforme o peso perdido do praticante. Cada quilo perdido nas fases anteriores equivale a 10 dias, ou seja, se o indivíduo perdeu 15 kg na fase Ataque e Cruzeiro, deve ficar na consolidação por 150 dias.

Nessa fase a alimentação permite proteínas e vegetais, sem alternância de dias, podendo ser consumidos sem restrições de quantidade.

Aos poucos, os seguidores da dieta podem acrescentar frutas, pães, massas e queijos. Durante 1 a 2 vezes por semana, é liberado que se fuja da dieta para comer o que quiser. Contudo, sem repetições.

O “comer o que quiser” é divido em duas etapas: na primeira metade da duração da fase, é permitido reservar um dia para comer o que quiser. Ao começo da segunda metade, são 2 dias liberados para se alimentar a vontade, mas com moderação.

A Fase de Consolidação serve para começar a manter o novo peso conquistado, evitando o efeito sanfona.

 

Fase Estabilização

 A Fase Estabilização é a última fase da Dieta Dukan e é quando o indivíduo pode voltar a se alimentar normalmente. Contudo, deve reservar um dia para manter o cardápio rico em proteína. Além disso, o farelo de aveia também deve permanecer, só que agora, em quantidade equivalente a 3 colheres (sopa) por dia.

A partir de então, é importante ressaltar que apesar de comer normalmente, siga-se as regras principais de cada fase anterior, além de trazer os exercícios físicos para rotina. Aqui o corpo é estabilizado para não voltar a engordar e continar sendo estimulado para gerar mais resultados positivos.

 

Dieta Low Carb

A Dieta Low Carb, como o próprio nome já sugere, é caracterizada pelo baixo consumo de carboidratos. Essa dieta ficou bem conhecida e já é utilizada por muitas pessoas, inclusive as que não seguem suas especificações a risca. Isso acontece porque hoje em dia existem várias receitas da Dieta Low Carb, no qual o carboidrato é substituído por certos alimentos que proporcionam tanta saciedade – e gosto – quanto se fossem utilizados os originais.

Na Dieta Low Carb, o ideal é ingerir cerca de 40 a 45% de alimentos ricos em carboidratos. Os principais alimentos a serem reduzidos são o arroz, macarrão, pão e batata. O ideal é ser adepto dos carboidratos com baixo índice glicêmico e dos ricos em fibras.

dieta para emagrecer rápido low carb

Abaixo, uma lista dos principais alimentos que devem compor o cardápio Low Carb:

Legumes e Verduras: abobrinha, brócolis, couve-flor, celga, cogumelos, aipo, tomate cereja, couve, agrião, pimentão, aspargos, berinjela, espinafre, pepino, cebola, chuchu, vagem, rúcula, escarola, alho-poró e alface.

Frutas: abacate, morango, pêssego, melão e coco.

Proteínas: peixes e aves sem pele, carnes magras como patinho, filé mignon, alcatra, leites desnatados e queijos brancos.

Fontes de gorduras: azeite, oleaginosas e abacate.

Seguindo uma semana contínua da Dieta Low Carb, é possível emagrecer 5 kg.

Não há como medir qual dieta promove mais maior emagrecimento mais rápido, visto que, cada organismo reage de uma forma. Se alguma dieta não deu certo para você, não quer dizer que também não dê certo para outra pessoa. O ideal é testar e ver em qual delas seu corpo reage melhor – e perde peso mais rápido e com saúde.

 

Alimentação saudável que ajuda intensificar o emagrecimento rápido

Se você ainda está em dúvida em qual dieta deve apostar para emagrecer mais rápido, aqui vai uma dica de cardápio com uma alimentação mais saudável e que pode ajudar você a começar a emagrecer mais rápido. Também é uma boa pedida para seu corpo já ir se acostumando e estar totalmente preparado – e adaptado – para receber a Dieta do Ovo, Dukan ou Low Carb!

 

Dia 1

Café da manhã: 1 copo de leite de amêndoas + 1 fatia de pão integral;

Lanche da manhã: 1 maçã;

Almoço/jantar: Peito de frango grelhado + 3 colheres (sopa) de arroz integral + salada de repolho, tomate e beterraba ralada + 1 laranja;

Lanche da tarde: 1 iogurte desnatado + 2 castanhas.

 

Dia 2

Café da manhã: 1 iogurte desnatado + 4 bolachas cream cracker;

Lanche da manhã: 1 pera;

Almoço/jantar: 1 posta de peixe cozido + 1 batata cozida + salada de couve refogada + 1 fatia de melancia;

Lanche da tarde: 1 fatia de pão integral + creme de ricota.

 

Dia 3

Café da manhã: Vitamina com leite desnatado + 1 fatias de mamão + 1 colher de farelo de trigo;

Lanche da manhã: 2 castanhas;

Almoço/jantar: Filé de frango ao molho de tomate + 3 colheres (sopa) de grão de bico + salada de cenoura, chuchu e brócolis + 5 morangos;

Lanche da tarde: Suco detox com couve, laranja e linhaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *